Com que roupa eu vou?

Quem nunca? Toda mulher se faz essa pergunta, não é verdade?

Muitas moças me pedem para escrever sobre este assunto. E recentemente estive em um evento onde me constrangeu tanto ver as vestes de algumas irmãs (sim, era um evento em uma comunidade cristã) que eu sinceramente não consegui parar de pensar no quanto realmente é necessário investir no ensino e orientação em relação as vestimentas e o comportamento da mulher cristã.

Paul Washer, no livro Mulher Virtuosa é bem direto quanto ao assunto, ele diz:

 A sensualidade é uma obra da carne, em Gálatas 5:19: “Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, fornicação, impureza, lascívia”. Uma mulher pode ser devidamente chamada bonita, uma mulher pode ser devidamente chamada elegante, mas uma mulher que é sensual possui um coração maligno. Tem um coração maligno!

Pronto pessoal, era só isso, termino o post aqui.

Brincadeira, vamos continuar…

IMG_5117.JPG

“Tudo é permitido”, mas nem tudo convém. “Tudo é permitido”, mas nem tudo edifica.
1 Coríntios 10:23

Qual a sua motivação ao escolher o que usar? Acredito que se uma mulher sonda o próprio coração cada vez que vai escolher o que comprar e vestir, o escândalo de pecar e fazer o outro pecar será evitado muitas e muitas vezes.

Como mulheres cristãs, sábias e orientadas pelo Espírito Santo, devemos compreender que muitas pessoas não irão abrir o livro (a bíblia) para conhecer quem Jesus é, mas essas pessoas irão sempre ler em nós e conhecer Jesus (ou não) através das nossas vidas como um todo. E isso incluí o nosso comportamento, o nosso agir, o nosso falar e claro que também o nosso vestir.

E eu não estou falando que você deve adotar um estereótipo ou um padrão de vestimentas, nada disso. Existe muita coisa que hoje é tendência e que podemos adotar sem correr o risco de ser vulgar. O problema é que em “nome da moda e do estilo”, vemos mulheres cristãs se multiplicando na multidão vivendo e levando a vida como se “ser reconhecida pelo estilo e beleza” fosse mais importante do que ser reconhecida como filha de Deus.

O texto bíblico é claro, tudo é permitido, mas nem tudo convém e edifica. O que é mais importante para você? Como você deseja ser lembrada e qual referência você deseja ser para vida das pessoas? Você que é solteira, por exemplo, o que você deseja que o seu futuro marido veja em você?

Ainda sobre o livro Mulher Virtuosa, leia:

Eis aqui algumas importantes questões que sempre pergunto aos rapazes. Número 1: Você está atraído por ela por uma beleza bíblica ou está atraído por sua sensualidade? A sensualidade procede de um coração perverso. Marcos 7:21-23: “Porque do interior do coração dos homens saem os maus pensamentos, os adultérios, as fornicações, os homicídios, os furtos, a avareza, as maldades, o engano, a dissolução, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura [Todos estes males procedem de dentro e contaminam o homem].

Mas adiante ele diz: Se você é atraído por isso rapaz, isso é além de tudo, uma indicação do seu próprio coração. 

Se você moça solteira, atrair o seu futuro marido, simplesmente pelas suas curvas, transparências, decotes e sensualidade, saiba que você está se colocando numa fria. Um homem que olha para você e é atraído por isso, não tem nada além disso em seu coração.

E quando essa beleza e esse encanto sensual todo passar, no que estará firmada a aliança e o compromisso de vocês?

Ele continua…

Número 2: Você está atraído pela virtude dela ou por sua personalidade? Mesmo boas personalidades podem ser enganadoras. Muito enganadoras. Você não deve procurar por personalidade. Você deve procurar por virtude! Por virtude. A Bíblia diz em Provérbios 31:10: “Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis”. Virtuosa! Conforme os anos passam, rapazes… Eu quero lhes dizer algo, ouçam-me atentamente: Não será o físico que permanecerá em sua mulher, será a virtude. Será a virtude! Quando você ver se Cristo realmente habita em seu coração, rapazes, então vocês serão atraídos por Cristo que é manifestado na vida dela.

Precisamos definitivamente entender que não é “só uma roupa”, mas é uma comunicação da condição que se encontra o nosso coração.

O modo que nos vestimos e nos apresentamos diante da sociedade vai dizer exatamente sobre quem somos e nós não somos deste “mundo”. Eu e você, pertencemos a um Reino maior que todas as tendências que vem e passam. Nosso caminhar é na “passarela” que nos leva para a Eternidade e não podemos nos perder por caprichos e vaidades.

Não podemos nos perder de Cristo, O Caminho.

Se você é uma mulher casada, vista-se com decência e honre a Deus, honre também o seu marido e a sua casa. Seja um exemplo para as solteiras, para sua família e para os seus filhos. Não deixe a sua vaidade e a falta de senso levar outras famílias ao pecado. Se posicione como referência e como filha de Deus para essa geração.

As vestes, as fotos, as publicações e o próprio comportamento das mulheres e moças hoje em dia  tem sido motivo de escândalo para o Corpo de Cristo, fujam disso. Não se comportem como “mais uma mulher na multidão”.

E termino deixando uma dica para todas nós…

Que tal, mudarmos a pergunta para: “Com que roupa eu vou, Espírito Santo?“.

Esse estilista não erra, você pode confiar.

Um beeeijo e até o próximo post.

Oficial

2 comentários em “Com que roupa eu vou?

Deixe aqui o seu recadinho ou comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s