Mudar exige coragem…

Para viver uma mudança é necessário vencer o medo.

E quer saber? Vale muito a pena, é libertador.

O medo nos atrasa, nos deixa estagnados e impedidos de viver o novo.

O novo só acontece quando abrimos mão do passado, do antigo, do velho.

Eu entendi isso, eu aprendi.

Me lancei e joguei fora todo medo.

Me vesti de coragem e agora quero levar isso para vida.

Quero viver sem medo de mudar.

Dia 3 de junho, 2017.

Finalmente pude cuidar, mudar, fazer algo nos cabelos. E como em tudo Deus nos ensina, com essa mudança de visual, não foi diferente. Ele falou, ensinou, tratou, mudou, transformou.

Deus é incrível, em tudo Ele se move, se mostra, se faz presente.


 

Cíntia Silveira

Correndo para mim

E pela primeira vez eu corri para mim. Corri pela minha saúde, pelo bem estar e para ter um tempo comigo mesma. E sabe de coisa? Foi muito bom.

Foi muito bom fazer uma atividade física sem cobrança sem desespero por resultado imediato. É claro que eu quero enxugar alguns quilinhos e melhorar aqui e ali, afinal, são quase 32 anos e o metabolismo não é mais o mesmo. Antigamente eu fechava a boca por dois dias e a barriguinha sumia e hoje, ah hoje… deixa pra lá. Deixa pra lá, pois essa melhora no visual será uma consequência do amor que eu vou nutrir por quem eu sou.

Eu vou correr e me exercitar, eu vou me comprometer em selecionar melhor o que como e o que bebo, simplesmente pelo prazer de cuidar de mim e de fazer o que é bom para mim. Pelo prazer de ter o meu tempo e de poder desfrutar da liberdade de pensar, de falar com Deus e ouvi-lo enquanto dou passadas largas e sem cobrança, sem pressa e sem olhar o relógio a cada meio minuto.

Eu vou correr sem me cobrar quanto tempo fiz e quanto tempo falta, eu vou fazer do exercício um tempo de divertimento. E quando for muiiiito difícil ir e dar o primeiro passo do dia, pois esses dias virão, eu vou me respeitar, mas também me encorajar e farei tudo isso sem cobranças.

Eu vou correr para mim.
Correr para dentro.

Agora deixa eu ir ali imprimir isso e colar no meu espelho.

Inté,

Oficial