Meu Devocional – Paulo para falando aos Filipenses (e comigo também!)

Sempre que lemos a Bíblia (Jesus em letrinhas), aprendemos e nos moldamos a Ele e aos propósitos do Pai para nossas vidas. No texto de Filipenses 4 nos versos de 1 ao 7, por exemplo, temos muitos para acrescentar em nossas vidas. Vamos ler juntos?

Portanto, meus irmãos, a quem amo e de quem tenho saudade, vocês que são a minha alegria e a minha coroa, permaneçam assim firmes no Senhor, ó amados! O que eu rogo a Evódia e também a Síntique é que vivam em harmonia no Senhor. Sim, e peço a você, leal companheiro de jugo, que as ajude; pois lutaram ao meu lado na causa do evangelho, com Clemente e meus demais cooperadores. Os seus nomes estão no livro da vida.
Filipenses 4:1-3

O Apóstolo inicia com uma saudação e orienta em amor duas irmãs para que caminhem em unidade e humildade, ele pede a um amigo que as auxilie para que caminhem coordenadamente, ou seja, no mesmo propósito. Nós precisamos muitas vezes em nossa caminhada agir como agente de pacificação e não o contrário disso, porém infelizmente muitas vezes somos tardios nessa tarefa, contribuído e disseminando mais confusão.

E este não é o plano de Deus, na vida cristã devemos andar em unidade, promovendo unidade em todo tempo. E deste modo, trabalhando para expandir do Reino como companheiros numa mesma missão e no mesmo propósito.

Em qualquer lugar que Deus nos colocar (hospitais, escolas, órgãos públicos, centros culturais, etc) e realizando seja qual for  tarefa ou ofício, devemos andar em unidade e humildade. Esta deve ser uma característica nossa, totalmente impressa em nós, afinal, somos cristãos.

Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: alegrem-se!
Filipenses 4:4

Outra característica que o cristão deve expressar é a alegria, o contentamento. O apóstolo não repete a expressão “alegrai-vos”, à toa. Ele assim o faz para nos trazer a consciência de que em qualquer que for a circunstância temos o dever de nos alegrar, seja na bonança ou na escassez, a ordem é “alegrai-vos”.

Devemos permanecer em um estado de espírito contente, pois temos em Deus a segurança da provisão e do socorro em qualquer circunstância. Não podemos duvidar disso, pois Deus é sempre bom.

E eu fico aqui pensando o quanto as coisas de Deus são interessantes, falando do contentamento, por exemplo, o contentamento poderia ser um dom, mas Deus escolheu que não fosse assim, e eu creio que Ele assim o fez justamente para que nós aprendêssemos e decidíssemos estar contentes n’Ele, independente das circunstâncias, contentes por sermos d’Ele, por estamos com Ele e isso basta.

Seja a moderação de vocês conhecida por todos. Perto está o Senhor.
Filipenses 4:5

Nesses versos somos orientados a sermos moderados e o texto diz que esta moderação será um testemunho a todos. É nossa responsabilidade testemunhar, somos missionários, comissionados a levar as Boas Novas e isso implica em uma vida de exemplo e testemunho integral.

Ao finalizar ele diz: “Perto está o Senhor”, o que reforça a importância deste testemunho e o peso e importância dessa característica na vida de cada cristão. Estamos sendo lidos e vistos o tempo todo.

Veja o significado real da palavra moderação no texto original:

Moderação: επιεικης epieikes
1) aparente, apropriado, conveniente
2) equitativo, íntegro, suave, gentil

Vamos refletir? Será que as pessoas estão vendo integridade, gentileza e suavidade em nós? Temos agido de maneira apropriada e conveniente? Somos moderados de fato em nosso viver? Vale a pena parar e pensar.

Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus.
Filipenses 4:6

Não andar ansioso, não se preocupar com nada, outra recomendação importante, pois precisamos aprender a caminhar confiando no caráter de Deus e na sua bondade. Caminhando de fé em fé, testemunhando da fidelidade d’Ele para conosco. Fé é confiar no caráter d’Ele, de Deus. Não podemos vacilar na fé, pois uma vez que duvidamos, estamos dizendo: “Deus eu não confio que o Senhor possa fazer algo, eu não confio no Senhor!”

Não andemos ansiosos, precisamos dar uma ordem a nossa alma, e dizer: “Aquieta, eu confio no meu Deus!”

O apóstolo continua: “Em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus as vossas petições”, ou seja, podemos levar ao Senhor nossas necessidades e apresentar a Ele em oração tudo o que precisamos. E o apóstolo termina orientando “e pela súplica, com ações de graças”. Devemos estar conscientes de que quando apresentamos algo ao Senhor, Ele em sua soberania e onisciência conhece de antemão todas as nossas necessidades. Ele é o Deus que vê a nossa necessidade e provê, e nesta segurança podemos antes de receber render graças. A vida de um cristão deve ser embasada na gratidão, pois n’Ele temos a segurança e a provisão de todas as coisas. Ser grato é tudo o que podemos ser.

E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus.
Filipenses 4:7

Este verso é profundo demais.

Ele diz: “E a paz de Deus”, primeiro precisamos nos lembrar de que a paz para nós cristãos não é apenas um sentimento, mas sim, uma pessoa.

 JESUS, Ele é o Príncipe da Paz.

E o apóstolo continua: “que excede todo entendimento, guardará o vosso coração e a vossa mente em Cristo Jesus”, essa paz de fato excede nosso entendimento, uma vez que nossa mente finita não compreende a mente infinita de Deus. Uma mente que vê além de nós, além de nossas necessidades, antes de termos conhecimento das nossas necessidades quaisquer que forem elas, e em quaisquer circunstâncias, Ele já as conhece e já provê para cada uma delas. Por isso o mundo não compreende as pessoas não compreendem como um cristão mesmo em meio ao luto, mesmo em meio a uma aparente solidão, ainda assim ele consegue sorrir, ele consegue declarar palavras de amor e refletir a paz.

Minha oração é que esta breve leitura bíblica possa despertar em você e em mim um desejo infinito em prosseguir buscando e conhecendo a Jesus, e deste modo através do conhecimento da pessoa de Cristo, possamos ser transformados, moldados, para glória de Deus.

Vamos seguindo, sorrindo e vivendo os ensinos e propósitos do Pai para cada um de nós.

Oficial

Planejando com Ele.

Quantos projetos e sonhos temos no coração com um desejo enorme de torná-los reais em nossa vida, não é mesmo?  Você também é assim?

Enquanto eu pensava nos meus sonhos, perguntei ao Dono do meu sorriso (Deus) quais as primeiras providencias que eu deveria tomar diante de tantos planos e projetos que ocupam tanto os meus pensamentos.

E a resposta que veio ao meu coração, eu quero compartilhar com você que me lê.

Consagre ao Senhor tudo o que você faz, e os seus planos serão bem-sucedidos.

Provérbios 16:3

O verso acima me fez entender que  a primeira coisa que devo fazer é consagrar ao Senhor tudo o que eu desejo realizar, e desta forma todas as coisas serão bem sucedidas. Seja em qual for o projeto ou sonho devo apresenta-lo ao Senhor da minha vida. Aquele que governa todas as coisas e que portanto é a principal pessoa com quem devo compartilhar cada desejo do meu coração.

Ao homem pertencem os planos do coração, mas do Senhor vem a resposta da língua.

Provérbios 16:1

O Senhor me trouxe a memória também esse verso que lemos acima, e meditando nessas palavras entendo também que posso planejar, porém é fundamental que eu descanse meu coração e mantenha meus ouvidos sensíveis aos direcionamentos do Senhor, pois d’Ele vem a resposta de paz para que eu siga em caminhos seguros.

Em seu coração o homem planeja o seu caminho, mas o Senhor determina os seus passos.

Provérbios 16:9

Há uma diferença imensa em seguir tendo como alicerce a Palavra do Senhor, pois nela encontramos descanso e paz. Quando somos guiados pela Palavra de Deus, não nos frustramos, pois ela nos conduz a depositar nossa confiança no Autor da Fé e Ele não muda, não mente, não abandona, mas mantém-se fiel em todo tempo.

Muitos são os planos no coração do homem, mas o que prevalece é o propósito do Senhor.

 Provérbios 19:21 

Convido você nesta hora a colocar diante do Pai cada desejo do seu coração. Apresente a Ele e peça-o que conduza seus passos. Peça a Ele que os propósitos d’Ele sejam realizados, pois melhores são os planos do Senhor do que os nossos.

Deleite-se no Senhor, e ele atenderá aos desejos do seu coração. 

Salmos 37:4

Agora que você e eu já consagramos ao Senhor nossos projetos para o novo ano, podemos descansar e se deleitar n’Ele que fiel e como um Pai amoroso sempre prepara o melhor aos seus filhos.

Devocional escrito em 2013, mas que me pareceu bem atual. Espero que abençoe sua vida, assim como abençoou a minha. 

Oficial

O que você vai escolher hoje?

Todos os dias temos a oportunidade de fazer pequenas e grandes escolhas. Escolhemos pela roupa que vamos usar, o penteado que vamos fazer, o brinco, o sapato. Escolhemos o que vamos tomar, ou não, no café da manhã. Escolhemos qual caminho usar para chegar até o trabalho ou cursinho, enfim, são muitas escolhas e com elas temos uma lição todos os dias.

Você acha que não?

Veja bem… Você escolhe uma peça de roupa leve e de repente o clima muda e então você pensa: “Puxa, eu devia ter trazido o casaco, já que sei que o clima é instável e pode me pegar de surpresa!”.

Já aconteceu com você? Acontece…

Eu sei que sim, pois acontece comigo também.

E isso se dá pelo fato de pensarmos que sabemos de tudo e que somos espertos, mas no final sempre nos deparamos com consequências de nossas próprias escolhas. Este é um exemplo simples e bobo.

Mas quando se trata de nossas emoções, como fica? Como temos conduzido nossas escolhas? É necessário ter atenção quanto isso, pois nossas escolhas sempre irão gerar consequências em nossa vida.

E uma coisa é fato, quando nós deixamos que nossas emoções determinem nossas ações e reações, a probabilidade de deixarmos Jesus agir através de nós é quase nula. É como se disséssemos ao Senhor: “Ei segura aí, pois eu estou decidindo o que fazer e vou fazer do meu jeito!”.

Podemos concordar que do nosso jeito a consequência não vai ser nada proveitosa, pois nós sabemos muito bem o que se deu quando no jardim plantado no Éden, o casal resolveu agir por suas vontades.

O que fazer então?

Que tal se começarmos nossos dias fazendo a mais sábia das escolhas?

Se em todas as manhãs a nossa escolha for devolver ao Senhor a glória que lhe é devida e diante d’Ele colocarmos o nosso dia e também as nossas emoções, certamente estaremos aprovados para viver de acordo com o agir do Espírito, e desse modo nossas escolhas estarão intimamente ligadas a vontade do Pai e refletindo o caráter do Filho.

Pois quando renunciamos nossas emoções e nos submetemos a Ele, o controle é dado ao Espírito Santo e desse modo começamos a ver as circunstâncias em nossa volta de modo diferente. Não olhamos com nossos olhos carnais e nem agimos segundo nosso senso de justiça, mas somos levados a olhar com olhos de amor e a entregar ao Pai que é quem nos justifica.

Eu convido você a juntamente comigo experimentar esse modelo de vida, vamos acordar todas as manhãs devolvendo ao Senhor o nosso dia, as nossas emoções e vontades?

Eu vou crer com você na certeza de que nossos dias não serão mais os mesmos e que teremos muitos testemunhos de um realizar belo e cheio de sorrisos através do caráter de Jesus sendo manifesto em nós pela obra do Espírito.

Combinados?

Que a nossa primeira escolha, seja estar n’Ele.

pb

Para nossa meditação…

“Pela manhã ouvirás a minha voz, ó Senhor; pela manhã apresentarei a ti a minha oração, e vigiarei”.  Salmos 5:3

“Faze-me ouvir do teu amor leal pela manhã, pois em ti confio. Mostra-me o caminho que devo seguir, pois a ti elevo a minha alma”. Salmos 143:8

“Mas eu cantarei louvores à tua força, de manhã louvarei a tua fidelidade; pois tu és o meu alto refúgio, abrigo seguro nos tempos difíceis”. Salmos 59:16

Um beeeijo, e até mais…

Oficial

O que você tem guardado em seu coração?

Meu filho, escute o que lhe digo; preste atenção às minhas palavras.
Nunca as perca de vista; guarde-as no fundo do coração…
Que carinho precioso Ele tem comigo e com você…
Observe a palavra “guarde-as” no texto bíblico acima, isso me chamou muito a atenção, pois se há uma orientação para que algo seja guardado, então existe a possibilidade de que o mesmo possa ser perdido.
No Dicionário Priberam algumas das definições da palavra “Guardar” é: conservar; observar; não infringir, cumprir.
E este texto nos orienta a ter atenção a Palavra e a não perde-la de vista, mas guardar, conservar, não infringir e cumprir em nosso coração. Falando em “coração”, vamos ver o que o Dicionário Priberam diz?
Coração: conjunto de sentimentos; consciência ou memória; emoções.
 Essas são algumas das definições para “coração”, e podemos perceber que nossa mente, vontade e emoções estão totalmente ligadas a ele. Na nossa alma e em nosso coração é onde sentimos, memorizamos, nos emocionamos e tomamos consciência dos fatos, onde também nossas características se manifestam e onde está a sede de nossa personalidade.
E agora eu pergunto… O que você tem guardado?
A nossa memória está na mente, está no coração. Logo, podemos então perceber quão importante é renovarmos nossa mente. (Você pode ler Romanos 12:2)
Quando nossa mente é renovada, nossa emoção e nossa vontade também são e quando isso é feito a luz da palavra nós experimentamos a boa, agradável e perfeita vontade de Deus. Por isso é essencial guardar em nosso coração a palavra que é viva e eficaz. Agora melhor que toda essa percepção é ainda saber que há um Pai amoroso que se importa tanto conosco ao ponto de nos orientar em amor, para que estejamos guardando Suas palavras em nosso coração.
Você pode sorrir por isso?
Você pode sentir-se amado(a) e simplesmente agradecer ao seu Pai celestial?
Em mundo hoje tão imediatista e frio, você foi eleito(a) para viver de maneira separada, amado(a) e cheio(a) de sorrisos desfrutando de uma alegria completa na presença do Rei que te elegeu como filho(a) amado(a).
Leve seus pensamentos ao Senhor, tenha um coração grato.
“Um coração grato, move o coração de Deus”.
Que seu coração esteja repleto de gratidão, amor, paz e tudo mais que A Palavra da Vida tem para você.
Oficial