Esperar, gerar, se preparar…

Minha cara não nega que as noites de sono já não são completas, e sim, eu sei que quando Pedro chegar elas serão ainda “menores”. E eu acho tão incrível, como que os nove meses de gestação nos prepara em detalhes para a chegada do bebê. Deus é lindo!

Quando eu era solteira, depois de muitos erros, escolhas ruins e precipitadas, enfim, chegou um tempo em que eu entendi em Deus, que o tempo de espera nada mais era do que um tempo de preparo. E quando eu entendi isso, tudo mudou.

A vida começou a fazer sentido, e eu cresci muito! Eu investi tempo no Reino, nas pessoas, investi em mim, no meu futuro, e inclusive, no meu futuro como esposa, que era o que eu desejava ser. Me dediquei em viver como esposa mesmo sem ter sido ainda encontrada pelo meu futuro marido.

E apesar de sempre ter tido bastante jeito com as coisas de casa e zelo por minhas coisas, eu me dediquei ainda mais, fazia tudo como se tivesse servindo a minha família, marido e filhos. Pois eu queria durante a espera, me preparar e estar pronta, para quando o meu futuro marido me encontrasse.

Você que está esperando e sonhando com o casamento, como você tem vivido esse tempo de espera? Você tem se preparado, ou você tem perdido tempo e reclamado, murmurado? Use o seu tempo de espera e invista em você, na sua casa, na sua família, no seu futuro, torne-se uma mulher (vale para os homens também) interessante. E confie, que quando você estiver pronta, a pessoa certa vai te encontrar.

Não fique chateada pensando que a “pessoa certa” não te encontra nunca, mas esforce-se para ser a pessoa certa que alguém tanto espera encontrar.

Deus trabalha com unidade de propósitos, e quando ambos estão n’Ele, os propósitos se unem.

Agora eu estou nessa nova fase… No preparo para ser uma mãe excelente para o meu bebê, por isso, apesar das marcas de cansaço no rosto, pela noite “mal dormida”, eu não deixo de “vestir” meu melhor sorriso. Pois é assim que eu desejo que meu filho me veja, sorrindo e apaixonada por ele, todos os dias.

Com amor, Cíntia Silveira.

Tchau, segundo trimestre de gestação.

E chegamos ao final de mais um etapa. Que alegria é poder gerar, ver e sentir um filho crescer, se desenvolver. Somos tão gratos a Deus, Ele é quem fez isso, e é maravilhoso!

O segundo trimestre é simplesmente delicioso de viver. Apesar dos meus enjoos terem acompanhado ainda parte dele, eu vivi e vivo a delícia de todos os dias sem reclamação, afinal, sempre foi um sonho ser mãe, então, reclamar não faz parte, eu só tenho mesmo é razão para agradecer.

As formas mudaram muitooo por aqui, pois é, a barriga apareceu com força e presença total, e eu amo muito tudo isso. Estamos no sétimo mês e há quem pergunte se espero por gêmeos, ou seja, de fato estou (toda) redondinha.

Sei que o inchaço (muito inchaço) colabora para todo esse tamanho de barriga, coxas, braços, rosto, pés e mãos, meu Deus, tudo incha muito. Por isso, estou iniciando a drenagem linfática, combinada a uma alimentação mais equilibrada e o pilates, pois se não, temo ficar do tamanho da grávida de Taubaté até os nove meses. 😅

Mas não vou sofrer por isso, vou continuar curtinho minha gestação e depois eu penso na estética. O que me interessa e importa agora é ter saúde, para mim e para o nosso bebê.

Nesse trimestre o quartinho começou a ganhar forma, a pintura foi feita, os móveis chegaram, aos poucos tudo tem ficado como planejamos, mas sim, ainda faltam muitos detalhes.

Estou procurado organizar a casa e adaptar tudo para a chegada do Pedro, embora sei, que outras necessidades aparecerão nas fases de vida dele.

O papai a cada dia nos faz se apaixonar mais, ele é muito participativo, dedicado e amoroso. Conversa com Pedro, cuida muito bem da mamãe e nos cobre de carinhos.

Pedro já é muito amado por todos os lados, os papais aqui são pura gratidão!

Vamos viver o terceiro e último trimestre desse sonho tão sonhado, a nossa gestação. E logo, veremos o rostinho do nosso rapazinho, o nosso Baby Pedro.

Um beijo da nossa família, e obrigada por estar aqui conosco!

Estamos também nos IG’s:

@cintiasilveirablog

@apartamento56

@itspedrobaby

Esperamos vocês! 💙

Sonhando com o quarto do Baby Pedro

Que a pessoa aqui ama decoração e ambientes organizados, acredito que vocês já imaginem. Sendo assim, vocês também podem imaginar o quando temos planejado e sonhado com o quartinho do Baby Pedro (nosso bebê que está a caminho). 

Estamos na fase de aguardar os móveis chegarem para ver tudo “tomando forma”. Que fase gostosa! 

 Até o momento apenas as paredes ganharam uma carinha nova, mas foi uma mudança muito simples, apenas uma tinta branca (até aqui nenhuma novidade já que o Apê é todo branquinho) e uma parede foi escolhida para ganhar o cinza que amamos, essa também a opção mais econômica, visto que papel de parede estava totalmente fora dos nossos orçamentos. 

Você pode ver as fotos no IG do Baby Pedro: @itspedrobaby_ 💙

O estilo da decoração do quarto do Baby Pedro é bem simples e clean, como é todo o @apartamento56. Vamos seguir a mesma ideia, que nos agrada e não pesa no orçamento. Não vemos a necessidade (no nosso caso) de investir muito na nossa casa, optamos por deixá-la aconchegante e bem a nossa carinha, mas gastando o mínimo possível, afinal, hoje estamos aqui, mas amanhã, só o nosso Deus é quem sabe. 

As cores escolhidas para o quartinho do Baby Pedro são: Branco, Preto, Cinza e teremos um pouco do verde menta (e o amado azul da mamãe) que virão em pequenos detalhes. Se vai ficar bom? Vamos descobrir juntos! Oremos! 

Se vocês quiserem ver quais fotos temos de inspiração para decoração do quartinho dele, me conta aqui nos comentários que faço uma publicação especial mostrando para vocês. 

A foto em destaque é do cesto de brinquedos do Pedro, fofo demais! 

Um beijo da nossa família, 

Com carinho! 

Mudar exige coragem…

Para viver uma mudança é necessário vencer o medo.

E quer saber? Vale muito a pena, é libertador.

O medo nos atrasa, nos deixa estagnados e impedidos de viver o novo.

O novo só acontece quando abrimos mão do passado, do antigo, do velho.

Eu entendi isso, eu aprendi.

Me lancei e joguei fora todo medo.

Me vesti de coragem e agora quero levar isso para vida.

Quero viver sem medo de mudar.

Dia 3 de junho, 2017.

Finalmente pude cuidar, mudar, fazer algo nos cabelos. E como em tudo Deus nos ensina, com essa mudança de visual, não foi diferente. Ele falou, ensinou, tratou, mudou, transformou.

Deus é incrível, em tudo Ele se move, se mostra, se faz presente.


 

Cíntia Silveira

Ninho, casa, casinha, cantinho…

Ninho, casa, casinha, cantinho, cafofo, meu mundinho, não importa que nome se dá, o que importa é estar feliz sempre que chegar a hora de voltar… ❤

Ter para onde voltar é um presente do céu.
Você já parou para pensar que existem milhares e milhares de pessoas no mundo que simplesmente não tem para onde voltar?

E outras milhares que não vê prazer em voltar, pois simplesmente ao abrirem as portas se deparam com um caos do lado de dentro?

E não é apenas um caos no sentido físico ou material, mas um caos no sentido “inteiro”, dentro e fora do espaço e dentro de si e de todos também.

Falta paz, falta respeito, falta zelo, falta amor.

Eu não sei como anda a sua realidade, não sei o que você encontra ao retornar e nem como você se encontra. Mas o que sei eu digo: se você pode voltar, já é um grande dádiva.

Agora resta escolher o que encontrar, deixar, aperfeiçoar, mudar, limpar, cuidar e amar. Em todos os sentidos!

Comece a “faxina” por dentro.
Por dentro de você.Cíntia Silveira